Na maioria das vezes, crianças com miopia não se queixam ou apenas reclamam da dificuldade para ver as coisas de longe. Uma criança míope pode se aproximar de objetos para ver claramente. Mesmo já sabendo expressar o que sentem, as crianças, muitas vezes, não sabem que enxergam mal. Algumas delas só percebem o problema quando são alfabetizadas: ou porque não veem a lousa direito ou porque sentem dores de cabeça ao estudar. Antes disso, a criança pode achar que enxergar embaçado ou que não ver o que está mais longe é normal. Os pais devem prestar atenção aos sinais de problemas que, geralmente, aparecem antes da alfabetização. Na sala de aula ou durante o horário do recreio, os professores também podem observar sinais de que os alunos apresentam algum problema de visão e devem passar por uma consulta oftalmológica. Veja, a seguir, a lista de sinais mais comuns de que a criança pode apresentar algum problema de visão:
 
1. Estudantes com alguma deficiência visual costumam apertar ou esfregar os olhos com frequência, vivem com os olhos irritados, avermelhados ou lacrimejando e piscam muito ou franzem a testa para olhar à distância;
 
2. Estas crianças podem também se queixar de tonturas, náuseas, dor de cabeça ou sensibilidade excessiva à luz;
 
3. Crianças míopes não enxergam bem de longe e, por isso, podem evitar atividades esportivas que exijam esta habilidade;
 
Caso ainda tenha dúvidas, marque uma consulta e leve seu filho ao oftalmologista. Apenas um profissional especializado pode dar o diagnóstico correto!

03.12.2015