miopia-hipermetropia-astigmatismo-presbiopia

Diferenças entre miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia

Conheça as principais diferenças entre os distúrbios visuais causados por erros refrativos.

Entre todas as patologias oculares costumamos identificar com mais frequência os distúrbios visuais causados por erros de refração, ou seja, quando o feixe de luz de um ambiente é desviado e chega sem foco à retina, causando falta de nitidez na visão. Alguns exemplos de problemas causados por erros refrativos são a miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia etc. Mas você conseguiria dizer exatamente quais são as diferenças entre eles?

Apesar destes distúrbios visuais não serem considerados deficiências e doenças, é muito importante que sejam identificados e tratados o quanto antes para não atrapalhar no desenvolvimento de quem apresenta alguma dessas condições. E a melhor forma de identificação é prestando atenção aos sinais e sintomas.

Vamos ver algumas das principais características dos distúrbios visuais mais comuns!

Miopia

É uma condição do globo ocular mais longo que causa a focalização de uma imagem antes que ela chegue à retina. Como consequência, a visualização de objetos distantes aos olhos fica desfocada e embaçada. Por outro lado, a pessoa míope consegue ver objetos próximos a ela com nitidez.

hipermetropia

Hipermetropia

É o oposto do que acontece na miopia, ou seja, pelo globo ocular ser um pouco mais curto do que o normal, a imagem acaba se formando atrás da retina. Com isso, a visão para objetos próximos aos olhos fica comprometida.

miopia

 

Astigmatismo

Neste tipo de distúrbio ocular, a córnea (parte fibrosa dos olhos com função protetora), o cristalino ou o globo ocular inteiro tem um formato ovalado, que causa a dissipação da luz, causando a concentração em vários pontos diferentes. Como consequência, são formadas imagens em mais de uma região, causando visão borrada ou até duplicada.

astigmatismo

Presbiopia

Também conhecida popularmente como “vista cansada” é uma condição que afeta, principalmente, pessoas a partir dos 40 anos e está associada ao processo de envelhecimento, visto que os olhos vão perdendo a capacidade de focar objetos que estão próximos aos olhos.

presbiopia

Fique atento a qualquer desconforto que surgir e ao sinal desses sintomas, procure seu oftalmologista. Cuide dos seus olhos! Para saber mais, acompanhe nossos conteúdos em primeira mão.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.