Estrabismo: características, causas e tratamentos

Vem entender melhor o que é o estrabismo!

O estrabismo é uma doença ocular onde acontece um desalinhamento dos olhos. E este desalinhamento dos olhos é causado pelo mau funcionamento dos músculos dos olhos, impedindo que os olhos fiquem orientados paralelamente.

Cada olho possui seis pares de músculos. Enquanto dois pares são responsáveis pela movimentação horizontal (para direita e para a esquerda), os músculos restantes são responsáveis pela movimentação vertical (para cima e para baixo). Quando algum desses músculos não funciona corretamente, acontece um desequilíbrio na musculatura, acarretando no estrabismo.

É uma patologia oftalmológica relativamente comum e entre as principais causas para esse desequilíbrio da musculatura estão o fator genético, a pré-existência de outras doenças oculares e condições que afetam o funcionamento cerebral (traumas, tumores, prematuridade, hidrocefalia, etc). Em 80% dos casos, o estrabismo começa antes dos 2 anos de idade. Por isso, é importante que a doença seja identificada e tratada o quanto antes.

Tipos de estrabismo

Como vimos, a musculatura ocular proporciona movimentações para quatro direções: para a esquerda, para a direita, para cima e para baixo. O músculo danificado vai definir o tipo de desalinhamento dos olhos, e consequentemente, o tipo de estrabismo: esotropia, exotropia, hipertropia e hipotropia.

Esotropia: estrabismo convergente onde os olhos ficam orientados para dentro.

esotropia

Exotropia: estrabismo divergente onde os olhos ficam orientados para fora.

exotropia

Hipertropia: estrabismo onde olhos ficam orientados para cima.

hipertropia

Hipotropia: estrabismo onde olhos ficam orientados para baixo.

hipotropia

Sintomas e tratamentos para estrabismo

Em alguns casos, o estrabismo pode ser assintomático. Em outros, ele pode ser identificado por meio de sinais como dor de cabeça, fadiga ocular e até visão dupla.

O objetivo dos tratamentos para o estrabismo é restaurar o alinhamento dos olhos e isso é possível por meio de:

  • Uso de óculos
  • Cirurgia para a correção dos músculos
  • Exercícios de fortalecimento

Tudo vai depender do tipo de estrabismo e o nível em que a patologia se manifesta.

Ao identificar qualquer sinal de desalinhamento dos olhos, consulte seu oftalmologista!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.